segunda-feira, 18 de abril de 2011

VAMOS PARTICIPAR!!!



Motim contra o aumento absurdo do preço da gasolina!!

 
GASOLINA
(GNV, DIESEL e ÁLCOOL)


Como poderemos baixar os preços???


NÃO DEIXE DE LER ..


Você lembra do Criança Esperança?


A UNICEF e a Rede Globo ‘abriram as pernas’...


Foi a força da Internet contra uma FÁBRICA DE DINHEIRO que DESCOBRIU-SE nunca chegar a quem de direito.


Então continue a ler .Não deixe de participar, mesmo que vc HOJE não precise abastecer seu carro com gasolina!! Mesmo que você não tenha carro, saiba que em quase tudo que você consome, compra ou utiliza no seu dia-a-dia, tem o preço dos transportes, fretes e distribuição embutidos no custo e conseqüentemente repassados a você.


Você sabia que no Paraguai (que não tem nenhum poço de petróleo) a gasolina custa R$ 1,45 o litro e sem adição de álcool . Na Argentina, Chile e Uruguai que juntos (somados os 3) produzem menos de 1/5 da produção brasileira, o preço da gasolina gira em torno de R$ 1,70 o litro e sem adição de álcool




QUAL É A MÁGICA ??


Você sabia, que já desde o ano de 2007 e conforme anunciado aos "quatro ventos" O Brasil já é AUTO-SUFICIENTE em petróleo e possui a TERCEIRA maior reserva de petróleo do MUNDO.


Realmente, só tem uma explicação para pagarmos R$ 2,84 (cartel do DF) o litro: a GANÂNCIA do Governo com seus impostos e a busca desenfreada dos lucros exorbitantes da nossa querida e estimada estatal brasileira que refina o petróleo por ela mesma explorado nas "terras tupiniquins"




CHEGA !!!


Se trabalharmos juntos poderemos fazer alguma coisa.


Ou vamos esperar a gasolina chegar aos R$ 3,00 ou R$ 4,00 o litro? Mas, se você quiser que os preços da gasolina baixem, será preciso promover alguma ação lícita, inteligente, ousada e emergencial.


Unindo todos em favor de um BEM COMUM !!!


Existia uma campanha que foi iniciada em São Paulo e Belo Horizonte que nunca fez sentido e não tinha como dar certo. A campanha: "NÃO COMPRE GASOLINA" em um certo dia da semana previamente combinado não funcionou.


Nos USA e Canadá a mesma campanha havia sido implementada e sugerida pelo próprios governos de alguns estados aos seus consumidores, mas as Companhias de Petróleo se mataram de rir porque sabiam que os


consumidores não continuariam "prejudicando a si mesmos" ao se recusarem a comprar gasolina.. Além do que, se você não compra gasolina hoje... vai comprar MAIS amanhã. Era mais uma inconveniência ao próprio consumidor, que um problema para os vendedores.


MAS houve um economista brasileiro, muito criativo e com muita experiência em "relações de comércio e leis de mercado", que pensou nesta idéia relatada abaixo e propôs um plano que realmente funciona.


Nós precisamos de uma ação enérgica e agressiva para ensinar às produtoras de petróleo e derivados que são os COMPRADORES que, por serem milhões e maioria, controlam e ditam as regras do mercado, e não os VENDEDORES que são "meia-dúzia".


Com o preço da gasolina subindo mais a cada dia, nós, os consumidores, precisamos entrar rapidamente em ação!!


O único modo de chegarmos a ver o preço da gasolina diminuir é atingindo quem produz,na parte mais sensível do corpo humano: o BOLSO. Será não comprando a gasolina deles!!!




MAS COMO ??!!


Considerando que todos nós dependemos de nossos carros, e não podemos deixar de comprar gasolina, GNV, diesel ou álcool. Mas nós podemos promover um impacto tão forte a ponto dos preços dos combustíveis CAIREM, se todos juntos agirmos para




FORÇAR UMA GUERRA DE PREÇOS ENTRE ELES MESMOS.


É assim que o mercado age!!!


Isso é Lei de Mercado e Concorrência


Aqui está a idéia:


Para os próximo meses ( junho/ julho / agosto de 2011...) não compre gasolina da principal fornecedora brasileira de derivados de petróleo, que é a PETROBRÁS (Postos BR).


Se ela tiver totalmente paralisada a venda de sua gasolina, estará inclinada e obrigada, por via de única opção que terá, a reduzir os preços de seus próprios produtos, para recuperar o seu mercado.


Se ela fizer isso, as outras companhias (Shell, Esso, Ipiranga, Texaco, etc...) terão que seguir o mesmo rumo, para não sucumbirem economicamente e perderem suas fatias de mercado.


Isso é absolutamente certo e já vimos várias vezes isso acontecer!


CHAMA-SE LEI DA OFERTA E DA PROCURA


Mas, para haver um grande impacto, nós precisamos alcançar milhões de consumidores da Petrobrás.


É realmente simples de se fazer!!


Continue abastecendo e consumindo normalmente!! Basta escolher qualquer outro posto ao invés de um BR (Petrobrás). Porque a BR?


Por tratar-se da maior companhia distribuidora hoje no Brasil e consequentemente com maior poder sobre o mercado e os preços praticados.


Mas não vá recuar agora... Leia mais e veja como é simples alcançar milhões de pessoas!!


Essa mensagem foi enviada a aproximadamente trinta pessoas. Se cada um de nós enviarmos a mesma mensagem para, pelo menos, dez pessoas a mais


(30 x 10 = 300)


e se cada um desses 300 enviar para pelo menos mais dez pessoas, (300 x 10 = 3.000),


e assim por diante, até que a mensagem alcance os necessários MILHÕES de consumidores!


É UMA "PROGRESSÃO GEOMÉTRICA" QUE EVOLUI RAPIDAMENTE E QUE VOCE CERTAMENTE JÁ CONHECE !!


Quanto tempo levaria a campanha?


Se cada um de nós repassarmos este e-mail para mais 10 pessoas A estimativa matemática (se voce repassá-la ainda hoje) é que dentro de 08 a 15 dias, teremos atingido, todos os presumíveis 30 MILHÕES* de consumidores da Petrobrás (BR),


(fonte da ANP - Agencia Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis)


Isto seria um impacto violento e de consequências invariavelmente conhecidas...


A BAIXA DOS PREÇOS


Agindo juntos, poderemos fazer a diferença.


Se isto fizer sentido para você, por favor, repasse esta mensagem, mesmo ficando inerte.




PARTICIPE DESTA CAMPANHA DE CIDADANIA ATÉ QUE ELES BAIXEM SEUS PREÇOS E OS MANTENHAM EM PATAMARES RAZOÁVEIS ! ISTO REALMENTE FUNCIONA.


VOCÊ SABE QUE ELES AMAM OS LUCROS SEM SE PREOCUPAREM COM MAIS NADA!



O BRASIL CONTA COM VOCÊ!!!



Receita 10

BOLINHO DE BACALHAU


• Ingredientes

Sal e pimenta do reino a gosto

300 gramas de bacalhau dessalgado e desfiado

2 colheres sopa de cheiro verde picado

Óleo para fritar e 3 ovos

1 colher de sopa de farinha de trigo

3 xícaras de chá de batatas espremidas


• Como fazer

Para preparar o bolinho de bacalhau, você deve misturar todos os ingredientes em uma tigela. Mexa até formar uma massa homogênea. Assim que ela adquirir a consistência necessária, esquente o óleo em uma panela e jogue as bolinhas para fritar, utilizando uma colher de pau. Deixe no fogo até começarem a dourar. Em seguida, retire os bolinhos e coloque-os em um prato com papel absorvente.


humm, dá água na boca!

 
 

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Esmaltes oferecem efeitos diferenciados

Magnéticos, emborrachados, gelatinosos e outras propostas para as unhas

Nos últimos anos, a febre dos esmaltes tomou o Brasil. Antes consumidos como simples produtos de beleza, agora eles são vistos como verdadeiros assessórios de moda. Muito além dos populares cremosos e cintilantes, conheça opções criativas que o mercado oferece:


* Metálico: Geralmente é apresentado em tons de metal, como dourado, prata e bronze. Porém, outras propostas também fazem sucesso, como os azuis e vermelhos. A ideia é fazer a unha parecer coberta por um metal líquido.

O metálico Netuno, da Passe Nati




* Foil: Confundido com o efeito metálico, ele é um pouco mais abusado e vem com partículas de glitter. Se você adora o efeito metálico e está pronta para algo mais ousado, experimente os esmaltes com efeito foil. No Brasil, a linha “Gloss”, da Impala, representa bem essa categoria.

esmalte foil da fiber optics




* Fosco ou Matte: Esse tipo de esmalte ou cobertura não possui brilho e possibilita uma grande variedade de efeitos diferentes, dependendo do tipo de esmalte aplicado na primeira camada. Combiná-los com metálicos, gliterados e cintilantes pode ser uma brincadeira divertida.

esmalte Fendi Queimado da marca Impala




* Jelly: Trata-se de um esmalte gelatinoso. Parece translúcido, porém apresenta uma cor base. Como o próprio nome sugere, lembra muito a superfície de uma gelatina. Um exemplo de Jelly é o “Yellow Brick Road”, da marca Deborah Lippmann, que a cantora Lady Gaga usou no último Grammy.

Lady Gaga usa Yellow Brick Road, da Deborah Lippmann




* Plastic: Também conhecido como emborrachado ou vinyl, o efeito plastic geralmente é confundindo com o fosco. Contudo, ele tem uma característica muito peculiar: não brilha como um esmalte cremoso, mas também não é matte. É fácil definir o efeito do plastic ao compará-lo com um pedaço de plástico ou borracha.

A novidade da marca Orly é a Plastic Collection: quatro cores de esmalte que oferecem um acabamento de aparência plástica




* Holográfico ou 3D: Trata-se do mais controverso efeito de esmalte atualmente. Muitos lançamentos nacionais juram ser holográficos, mas na verdade só apresentam uma quantidade maior de glitter em suas fórmulas. O holográfico original tem efeito prismático, ou seja, reflete a luz em cores variadas, dependendo da incidência da mesma. Por conta dos pigmentos especiais feitos a partir de plaquetas de alumínio, a superfície da unha fica lisa e sem qualquer relevo ou granulação.

O roxinho importado, da NfuOh, reflete as cores do arco-íris




* Flocado: Pode ter cor ou ser apenas uma cobertura. Diferente dos esmaltes com glitter, eles levam pequenos flocos brilhantes – na verdade pequenas partículas irregulares e alumínio. O efeito é leve e bem lisinho, criando um aspecto manchado com estilo.

a cobertura flocada, pode ser usada em cima de qualquer esmalte




* Craquelado: A cobertura craquelada costuma ter uma cor base e deve ser usada por cima de outro esmalte. Ao passar a camada do esmalte craquelado, ele seca e cria pequenas rachaduras, revelando assim a cor da primeira camada aplicada nas unhas. As combinações possíveis são infinitas e o desenho é sempre uma surpresa.

Depois de aplicar o esmalte craquelado por cima de um esmalte cremoso, é só esperar ele secar e, consequentemente rachar




* Suede ou Velvet: É fosco, porém com um diferencial: lembra um veludo. Muitas marcas já oferecem o efeito suede, mas ele também pode ser obtido a partir da aplicação de uma cobertura fosca por cima de um esmalte com glitter fino.

Para quem quer variar um pouco do totalmente sem brilho, os esmaltes do tipo Suede são uma opção, pois, embora foscos, possuem glitter




* Duocromático: Trata-se de um esmalte que “passeia” entre dois tons diferentes, conforme a incidência de luz. No Brasil, a Big Universo representa o estilo com o “Iridium”, que brilha em tons de verde e violeta. Outro duo que já virou febre é o Chanel Black Pearl, um perolado que reflete verde, azul e até o roxo.

A luz revela os dois tons do esmalte duocromático




* Magnético: O esmalte magnético não é exatamente uma cobertura diferente à primeira vista. Porém, o produto contém partículas magnéticas que permitem fazer desenhos diferenciados usando um ímã comum – o imã atrai o esmalte, e vai desenhando efeitos. O esmalte magnético ainda não é fabricado no Brasil, porém diversas marcas internacionais, como a Lancome e a L’Oréal, já fazem uso da tecnologia.

Esse esmalte é um sonho de consumo, pois, ele forma os desenhos com um ímã






Esmaltes nacionais substituem os badalados importados

Cor de rica gastando pouco! Selecionamos esmaltes incríveis e com preços acessíveis

Enquanto o "Miami Peach", da Chanel, custa em média R$90, o "Coral Chic", da Colorama, que apresenta uma cor muito parecida, sai por R$2.

Além do preço alto, a importação dificulta o acesso aos vidrinhos mais badalados. Uma boa alternativa é optar pelos produtos nacionais. Duráveis, muitos deles reproduzem cores de sucesso que não saem das mãos das ricas e bem-nascidas.


Uma mão com esmalte nacional e a outra com esmalte de "rica", não dá para diferenciar


Colocados lado a lado, não é possível diferenciar qual deles é o importado. Tons de coral, rosa e marrom são os mais comuns. Separamos alguns produtos para você comparar e escolher um substituto à altura dos vidrinhos grifados. Confira o resultado do teste nas unhas feitas pela manicure Ana Maria dos Santos, do salão Lilac Nails, em São Paulo, e outras opções de cores.


Os esmaltes são tão parecidos que fica difícil diferenciá-los 
Os esmaltes são tão parecidos que fica difícil diferenciá-los


Café Creme, da Impala | Particulière, da Chanel
Café Creme, da Impala
Particulière, da Chanel


Rosa Cetim, da Colorama | Mica Rose, da Chanel
Rosa Cetim, da Colorama
Mica Rose, da Chanel


Fada, da Risquè | Flame Rose, da Chanel
Fada, da Risquè
Flame Rose, da Chanel



Magenta, da Impala |Pomppei Purple, da O.P.I
Magenta, da Impala
Pomppei Purple, da O.P.I


Trancoso, da Ana Hickmann | Mod-ern Girl, da O.P.I
Trancoso, da Ana Hickmann
Mod-ern Girl, da O.P.I



Coral Chic, da Impala | Miami Peach, da Chanel
Coral Chic, da Impala
Miami Peach, da Chanel


Camboa, da Impala | Pearl Drop, da Chanel
Camboa, da Impala
Pearl Drop, da Chanel



Salsa, da Ana Hickamann | Teeny Bikini, da Orly
Salsa, da Ana Hickamann
Teeny Bikini, da Orly




Impala R$2,20 (Café Creme e Camboa) e R$2,50 (Magenta)
Risque R$2,50
Colorama R$2,15
Ana Hickmann R$2,60
Chanel R$92
O.P.I R$25
Orly R$32

A VERDADEIRA PÁSCOA

A PÁSCOA


video


"Sabendo que não foi mediante coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vossos pais vos legaram, mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito[e sem mácula, o sangue de Cristo, conhecido, com efeito, antes da fundação do mundo, porém manifestado no fim dos tempos, por amor de vós "
(I Pedro 1:18 ao 20)

O comércio voraz, faminto de dinheiro, trocou o cordeiro pelo coelho. Aliás, um coelho muito versátil, quase milagroso, que põe ovos de chocolate de todos os tamanhos e para todos os gostos. Para o consumismo insaciável, a essência da páscoa não tem a menor importância. O que importa é vender, vender muito, ainda que na mente das pessoas a verdade seja sacrificada, e o cordeiro fique esquecido. Para uma sociedade materialista, secularizada e consumista cujo deus é o ventre, o importante é empanturrar o estômago de chocolate, ainda que se sacrifique no altar do comércio esfaimado, a essência da verdade.

Preocupante é o fato de fazermos parte desta cultura sem nenhuma reação de inconformação. Fazemos como Eli, banqueteando com as gorduras tiradas pecaminosamente do altar, sendo coniventes com os pecados de uma geração que se recusa a dar ouvidos à verdade de Deus. Nossos filhos são levados a assimilar mais o coelho, ou melhor, o chocolate, do que o cordeiro que foi morto por nós. Vêem mais o retrato das lojas agressivamente decoradas do que a história eloqüente da libertação do povo de Deus. Precisamos investir mais tempo ensinando aos nossos filhos sobre a Páscoa.

Esta é uma história central do Antigo Testamento. Foi naquela noite fatídica que o povo de Deus foi salvo da tragédia da morte dos primogênitos, porque um cordeiro tinha sido sacrificado e o seu sangue havia sido aplicado sobre as vergas das portas. Esta é a história épica da libertação do povo de Deus do cativeiro, com mão forte e poderosa.

A Bíblia fala que Jesus é o nosso cordeiro pascal. O cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo é Jesus. Foi ele quem foi imolado na cruz por nós. Ele sofreu o castigo que nos traz a paz. Deus lançou sobre Ele a iniqüidade de todos nós. Ele, como ovelha muda, foi para o matadouro, carregando sobre o seu corpo, no madeiro, os nossos pecados. Ele se fez maldição por nós. Ele se fez pecado por nós. Ele morreu exangue na cruz, adquirindo para nós eterna redenção. Esta é a história da nossa alforria. É a história da nossa libertação do cativeiro. É a história da nossa eterna salvação. Não podemos deixar que ela seja distorcida e diluída em chocolate. Não podemos permitir que o maior de todos os sacrifícios, vivido na hora mais amarga do Filho de Deus, bebendo sozinho o cálice da ira divina, seja reduzido a um festival de gastronomia.

O coelho é um intruso que nada tem a ver com a festa da páscoa. Esta festa é a festa do cordeiro, do Cordeiro de Deus. Ele sim, deve ser o centro, o conteúdo, a atração e a razão de ser desta festividade. Que a nossa família possa estar reunida não em torno do ovo de chocolate, mas em torno de Jesus, o Cordeiro que foi morto, mas vive pelos séculos dos séculos, tendo a certeza que estamos debaixo do abrigo de seu sangue.

Pense nisto:
"Cristo, que é a nossa páscoa, já foi sacrificado por nós."

Não estamos proibidos de comer chocolate, mas não devemos ignorar o verdadeiro sentido da páscoa. Temos, sim, uma comemoração relacionada a essa festa: a ceia do Senhor. Esta é a nossa páscoa. Não realizada apenas uma vez por ano, mas todas as vezes que comemos os alimentos sem fermento, o pão e vinho, em memória da morte do Senhor Jesus.

Estamos assim, a família do Senhor, simbolicamente comendo a carne do cordeiro e bebendo o seu sangue. Nesse momento, nos recordamos que éramos escravos no Egito, o mundo, e que Faraó, Satanás, nos mantinha sob o seu domínio. Mas, naquela tarde de páscoa, o Cordeiro de Deus, o primogênito de Deus, morreu em meu lugar, no seu lugar.

Regozijemo-nos e alegremo-nos na certeza que o anjo da morte não nos alcançará, pois :

"Nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus"
(Romanos 8:1)

video
Nenhuma Condenação há
(Armando Filho)


De todas as provas que eu já passei

É bem difícil senhor

Agente ter ouvir acusações

Do vil tentador

Lembranças do passado vêm

E querem me fazer parar

Ou mesmo palavras de alguém

Que não quer na gente acreditar

E quase parando sem forças e vigor

A gente lê a palavra

E encontra bastante poder pra vencer

E continuar a jornada

E ver que o passado ficou para trás

Pois Cristo na cruz tudo já venceu

E saber que dele não lembra mais

Eu canto pra glória de Deus.


(Refrão)

Nenhuma condenação há

Para quem está em ti Jesus

Cuja vida coberta está

Pelo sangue que desceu da cruz

É certo que provas virão

Investidas do vil tentador

Mas nenhuma condenação há

Para quem está em ti

Querido Senhor...


BOA PÁSCOA!!!


Em Cristo com 








Pomada para modelar os fios ganha diferentes texturas

Em pasta, spray ou em pó, finalizador elimina o frizz e auxilia nos penteados

São diversos os produtos que auxiliam na finalização de um corte de cabelo ou na elaboração de um penteado. Mas é a pomada, muitas vezes também chamada de cera, que se destaca na função de criar um look bagunçado, eliminar o frizz e deixar os fios com textura, tornando-os mais fáceis de modelar. O tradicional estilo pastoso ainda é o mais utilizado em salões de beleza, mas também é possível encontrar no mercado versões em spray ou em pó.


* POMADA EM PÓ

Queridinho de grandes profissionais, como o hair stylist Marco Antonio de Biaggi, o finalizador em pó é o segredo das capas de revista. Com o objetivo de encorpar o cabelo, o produto proporciona sustentação e textura ao penteado. “É uma opção mais sutil para dar suporte à raiz. Ótimo recurso para cabelos mais finos. Você salpica o produto e controla a quantidade sentindo a textura, levantando com os dedos. Engrossou? Já pode parar”, ensina a cabeleireira Roseane Pinheiro, do salão Oh!Theo Beauty e Co.

Entusiasta da pomada em pó, Marco Antonio de Biaggi levanta a raiz do cabelo da atriz Ellen Roche


Durante a feira de beleza Hair Brasil 2011, uma nova coleção de pomada em pó foi lançada, a "Final Touch Dry Style". Morenas, loiras e ruivas ganharam uma atenção especial para personalizar o penteado. São cinco variações, entre Natural, Shine, Purple, Silver e Copper, direcionados para cada cor de cabelo. A linha ainda conta com ceras coloridas para brincar com a maquiagem e criar looks divertidos para a noite.



* POMADA SPRAY

Para quem busca um visual mais duradouro, a pomada em spray é a melhor opção. Indicada para cabelos grossos, que não modelam com facilidade, ela dá brilho e auxilia na escovação dos fios. “É um efeito de impacto e tem função de fixador. Mas também pode deixar o cabelo oleoso”, explica Roseane Pinheiro, hair stylist do salão Oh!Theo Beauty e Co. “Ela é mais difícil de tirar do cabelo depois”, completa Cristiane.



* POMADA PASTOSA

Cristiane Calçolari recomenda o produto pastoso para cabelos curtos: “Serve para dar aquele ar de quem acordou e saiu. Não deixa uma coisa certinha", explica a hair stylist do salão L´Officiel III. O ideal é que a pomada seja aplicada primeiramente nas mãos e depois nas pontinhas dos fios, sempre modelando com os dedos e sem se aproximar da raiz, para que não fique com aspecto oleoso ou de sujo.


video

 

A dor e a delícia dos saltões dos sapatos Christian Louboutin

Consumidoras da grife que faz dois anos no Brasil falam do fetiche das solas vermelhas e da sensação de usar saltos vertiginosos

Os sapatos de Christian Louboutin são sucesso irrefutável entre celebridades e mulheres que consomem as grifes de luxo. A que se deve isso? Foi investigado e perguntado a algumas consumidoras da marca, que completa dois anos de atuação no Brasil, os motivos delas optarem pelas solas vermelhas, que na maioria das vezes vêm acompanhadas de saltos vertiginosos - alguns modelos chegam a 16 centímetros de altura. Confira abaixo as opiniões de seis delas:

Luxo nos pés
Por que usar sapatos Christian Louboutin?


 A apresentadora Adriane Galisteu, de 37 anos, é cliente da Christian Louboutin no Shopping Iguatemi, em São Paulo. Mas muito antes da abertura da primeira loja brasileira ela já desfilava por aí de sola vermelha nos pés. O primeiro modelo que ela teve foi um Simple Pump, o scarpin clássico e modelo mais vendido da grife, comprado em uma loja multimarcas em Nova York. "Na época não tinha essa coisa do Louboutin ser o que é hoje. Comprei o preto e acabei comprando um marrom também." Ela acha que vale a pena aguentar o saltão. "Não é porque é Louboutin, mas porque é lindo mesmo. O peito do pé fica um absurdo de bonito." Mas nem tudo é beleza quando se opta por um salto muito alto. "Não é um sapato para ficar dançando a noite inteira", explica ela. "É para ficar linda, dar uma pinta, dar uma volta no salão e sentar. Eles fazem o look, não importa o que você está vestindo." O par preferido dela não é tão alto: a cor amarelo-esverdeado. "Chiclete", define ela. "Alguns modelos têm saltos vertiginosos, mas eles têm o mesmo modelo com saltos de alturas diferentes. Vai do gosto e da habilidade do freguês."


 A designer de joias Mariana Vital Brazil, de 25 anos, tem dez pares Louboutin, todos altos e todos comprados no exterior. "Eles são bem diferentes uns dos outros, para dar uma variada. Tenho preto, nude, de oncinha, em modelos peep toe, fechado, de verniz e também em couro normal." O primeiro a ser comprado foi o Simple Pump, o preto básico, fechado, em uma viagem a Nova York há cinco anos. "Me apaixonei porque o sapato é superconfortável e você consegue usar salto o dia todo e ficar superbem. Normalmente meu pé fica meio dolorido, mas com Louboutin não. O acabamento e o conforto são diferenciados", diz ela, que também gosta de sapatos Valentino e Chanel.


 A estilista Mellina Nunes, de 24 anos, tem cinco pares Louboutin, todos clássicos, em cores como preto e off white. "A qualidade dos sapatos dele é totalmente diferente, com acabamento impecável, couro macio, e extremamente leves. Quando uso, parece que estou descalça. Sou muito fã de sapatilhas, então para subir no salto tem de ser de qualidade." O primeiro, o Simple Pump, foi emprestado da mãe. "Saio mais do que ela e acabei destruindo o sapato e tendo que comprar um na loja do Shopping Iguatemi para repor." O favorito ainda é o Simple Pump. "É muito confortável e combina com tudo. Levo sempre em viagens, já que não dá para levar mil pares na mala.Não importa se é inverno ou verão", explica. "Viajo bastante e lá fora o custo-benefício é melhor. Prefiro ter poucos sapatos e bons do que ter vários e nenhum inteiro" Além de Louboutin, ela gosta dos sapatos de sua marca, Mellina, Alexandre Birman, Zeferino, Schutz, Miu Miu, Chanel e Repetto.


 A promoter Alicinha Cavalcanti, de 48 anos, evita saltos altos, mas tem dois Louboutins de salto, o Simple Pump preto de verniz e um peep toe de cetim azul, além de uma sapatilha. "Já usei salto demais e estou abandonando o salto da minha vida, não aguento mais! Depois da Carla Bruni, liberou geral. Até de longo dá para encarar uma sapatilha linda. Com 1,78 metro de altura posso ficar de sapatilha e continuo enxergando o pessoal. E salto alto é salto alto, é sempre desconfortável. Nem Louboutin escapa". Mas, então, por que Louboutin? "Eu gosto daquela sola vermelha! A sapatilha e o de cetim são confortáveis, mas o de verniz é muito duro e muiito alto. Eu fico com 1,90 metro, não precisa tanto! E também não confio muito, tropeço nas coisas."


 A apresentadora Astrid Fontenelle, de 50 anos, comprou o primeiro par Louboutin na Daslu. "Não foi um modelo clássico da marca, um scarpin monumental. Era uma sandália muito prática, baixa com salto quadrado, bem para usar direto, todo dia. Tenho até hoje e uso ainda." Além desse, ela tem outros dois pares, comprados em Londres. "A grande sacada deles é a sola vermelha. Que pena que, pelo menos aqui no Brasil, gente muito pouco criativa copiou esse detalhe e começou a pintar a sola dos sapatos de vermelho também. Achava o máximo a sola vermelha, antes de todo mundo começar a fazer, mas não é o sapato mais confortável do mundo." Atualmente, as marcas favoritas dela é Yves Saint Laurent. "Estou louca por um modelo turquesa que tem o solado azul turquesa. Tenho um vermelho que é todo vermelho, em cima e em baixo."


 A promoter Ana Maria Carvalho Pinto comprou o primeiro Louboutin, preto, com a decoradora Esther Giobbi em Paris, na primeira loja da marca no início dos anos 1990. "A Esther fez a minha cabeça. Ela é a rainha do garimpo, sabe das coisas antes de todo mundo. Os sapatos já tinham sola vermelha, mas os saltos não eram tão altos. Os atuais ficam muito bem quando se está na loja, mas os pés não aguentam muito tempo." Antes de existir a loja do Iguatemi, ela comprou vários pares na Daslu. "Gostei tanto de alguns modelos que comprei em várias cores." Para ela, a qualidade é a vantagem. "Na fase em que estou, não quero mais renovar o guarda-roupa. Chega uma hora em que a gente tem tudo, não precisa comprar mais nada. É a mentalidade do europeu: melhor ter dois pares bons, que duram o resto da vida, do que ter vários que saem de moda. É o caso do Louboutin. Assim como o Manolo (Blahnik) e o Sérgio Rossi, são clássicos, não precisa renovar a sapateira todo ano. Os Chanel, tirando a sapatilha, são muito tendenciosos. Tenho mais de 50 anos e não quero parecer uma cocotinha."


Carla Bruni e as inconfundíveis solas vermelhas
A cantora usou um par cheio cristais Swarovski, do modelo Daffodile, com salto de 16 cm, que custa US$ 5.995, para assistir ao jogo
As sandálias de Blake Lively são do modelo Salsbourg, têm saltos de 12 cm, e custam US$ 1.095
O modelo transparente e preto da cantora tem várias tachas e spikes
O modelo escolhido por Kim é o Lady Daf, que tem saltos de 16 cm de altura
O modelo escolhido por Katy Perry é o Miss Boxe e, como o de Beyonce, traz vários cristais Swarovski
O Simple Pump de verniz nude tem saltos de 10 cm de altura e custa US$ 595O modelo escolhido por Paris é de cetim, com cristais no saltoO peep toe escolhido por Jade Ewen tem salto fino e vários cristais SwarovskiO modelo escolhido por Maggie mistura vários materiais e tem um lacinho






Maquiagem da Mulher Maravilha chega em maio ao Brasil

Linha da M.A.C inspirada na heroína reúne batom, blush, cílios postiços e mais!


Missão cumprida: linha objeto de desejo desembarca por aqui no próximo mês


Os boatos se confirmaram e as apaixonadas por maquiagem já podem comemorar. Sucesso da M.A.C nos EUA, a coleção “Wonder Woman" – para nós, “Mulher Maravilha" – chega ao Brasil em maio repleta de novidades.

A linha inspirada na heroína é composta por batom, gloss, máscara para cílios, delineador, esmalte, cílios postiços, sombra, glitter, blush e pó facial mineral.

Os produtos possuem, em média, quatro opções de tonalidade e as embalagens serão personalizadas nas cores da “Mulher Maravilha”.


Alguns produtos da linha Wonder Woman: Duo de blush (R$ 101,00), batom matte vermelho intenso (R$75) e pó mineral (R$157)


Batom, gloss, máscara para cílios, delineador, esmalte, cílios postiços, quarteto de sombra, glitter, blush, pó facial mineral



Kits com bolsinhas e pincéis de maquiagem




 

sábado, 9 de abril de 2011

HOMENAGEM AS 12 VITIMAS DA ESCOLA TASSO DA SILVEIRA - RJ.








" Quando a gente ama alguém de verdade

Esse amor não se esquece

O tempo passa, tudo passa, mas no peito

O amor permanece

E qualquer minuto longe é demais

A saudade atormenta

Mas qualquer minuto perto é bom demais

o amor só aumenta

Vivo por ela

Ninguém duvida

Porque ela é tudo

Na minha vida.

Eu nunca imaginei que houvesse no mundo

Um amor desse jeito

Do tipo que quando se tem não se sabe

Se cabe no peito.

Mas eu posso dizer que sei o que é ter

Um amor de verdade

E um amor assim eu sei que é pra sempre

É pra eternidade.

Quem ama, jamais esquece quem ama

O amor é assim

Eu tenho esquecido de mim

Mas d'ela eu nunca me esqueço.

Por ela esse amor infinito

O amor mais bonito

É assim nosso amor sem limite

O maior e mais forte que existe.

Os ventos que as vezes tiram

algo que amamos, são os

mesmos que trazem algo que

aprendemos a amar...

Por isso não devemos chorar

pelo que nos foi tirado e sim,

aprender a amar o que nos foi

dado. Pois tudo aquilo que é

realmente nosso, nunca se vai

para sempre... é eterno dentro de nós. "

video